diário da Giornate – mais Gustaf Molander!

Diário da Giornate

Mais um post sobre os filmes do diretor Gustaf Molander que vamos ver em outubro na Giornate! Serão quatro filmes dele na mostra sobre o cinema silencioso sueco do final dos anos 1920 e eu já comentei dois: “POLIS PAULUS’ PÅSKASMÄLL” (Pat e Patachon como policiais) e “SYND” (Pecado). Agora é a vez de “HANS ENGELSKA FRU” e FÖRSEGLADE LÄPPAR”.

Bom, na verdade eu não encontrei quase nenhuma informação sobre esses filmes… Então vou comentar rapidamente só pra não deixar passar:

Hans engelska fru (1927) Filmografinr 1927/03HANS ENGELSKA FRU” (ou, ao pé da letra, Sua esposa inglesa nos EUA foi lançado como Discord) é um filme de 1927. No New York Times, em 1928, foi publicada uma crítica ao filme, que fala mal principalmente da fotografia do filme e do trabalho dos atores. Eles também dizem que o roteiro “deve ter sido escrito por uma criança”!

Esse filme é uma co-produção Suécia-Alemanha e tem a participação da atriz alemã Lil Dagover. Essa atriz sempre foi marcada para mim como a imagem do terror expressionista, com aquele rosto pálido e as olheiras enfatizando o olhar de assombro. Ela fez filmes como “O gabinete do Dr. Caligari” (Robert Wiene, 1919), “A morte cansada” (Fritz Lang, 1921) e vários outros. Principalmente por causa da participação dela, estou super ansiosa para assistir esse!

DerMudeTod

“A morte cansada”

Förseglade läppar (1927) Filmografinr 1927/10E, pra terminar o comentário sobre os filmes de Molander que veremos na Giornate, aquele que dá título à sessão de filmes suecos: “FÖRSEGLADE LÄPPAR” (Sealed Lips, também de 1927). Também encontrei uma crítica da época no New York Times… Eles simplesmente odiaram o filme! Comentaram coisas como “a técnica da produção é enfaticamente antiquada” e “o filme não é o tipo mais excitante de entretenimento, como se pode imaginar, mas sim um tédio”. Pelo que eu entendi, o filme é mais uma história de triângulo amoroso, em que um artista casado se apaixona por uma menina que está no convento.

Pelo que estou vendo, os filmes silenciosos suecos dessa época parecem ter tido uma péssima repercussão nos Estados Unidos, principalmente no que se refere aos modos de interpretação dos atores, que eram vistos como ultrapassados pelos americanos.

No próximo post eu vou tentar falar sobre alguns aspectos da história do cinema sueco e vou divulgar alguns links legais para assistir filmes online!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s