diário da Giornate – “Pat e Patachon” na Suécia

Diário da Giornate

Mais um post sobre o cinema sueco. Vou falar sobre um dos quatro filmes do diretor Gustaf Molander que serão exibidos na edição desse ano da Giornate del Cinema Muto: “POLIS PAULUS’ PÅSKASMÄLL” [The Smugglers – e algo como “Pat e Patachon como policiais” em português, eu acho!] (1925). Os outros são “SYND” [Sin] (1928), “FÖRSEGLADE LÄPPAR” [Sealed Lips] (1927) e “HANS ENGELSKA FRU” (1927) e ficam para próximos posts.

Molander foi um dos mais importantes diretores do cinema sueco: trabalhou no cinema dos anos 1920 aos anos 60 e na década de 30 ele dirigiu 10% dos filmes suecos produzidos. Ele trabalhava num estilo hollywoodiano, com produções rápidas. Uma dessas produções foi esse longa com a dupla de comediantes Pat e Patachon.

Polis Paulus' påskasmäll (1925) Filmografinr 1925/11Pat e Patachon eram dinamarqueses e haviam sido lançados como uma dupla pelo ator e diretor Lau Lauritzen em 1921, com o filme “Film, Flirt og Forlovelse” (algo do tipo Filme, paquera e compromisso). Fy og Bi (o nome original da dupla na Dinamarca) fez muito sucesso na Europa durante os anos 1920 e eles continuaram fazendo filmes durante a década de 1930. Um era magro e alto (Carl Schenstrøm) e o outro era gordinho e baixo (Harald Madsen). Eles tiveram filmes dirigidos por diferentes realizadores e feitos em países como Dinamarca, Suécia, Inglaterra, Alemanha e Áustria. Em alguns lugares eles se chamavam O Alto e o Baixo.

Claro, não tem como não lembrar do O Gordo e o Magro, dupla que já foi citada aqui. Encontrei alguns textos que diziam que a dupla dinamarquesa tinha influenciado o surgimento dos americados, mas ambas surgiram em 1921 e, mesmo sem dados muito precisos, parece que Laurel and Hardy foram lançados antes mesmo dos europeus.

Eles não fizeram sucesso nos Estados Unidos. Existe uma história de que algum filme deles foi exibido lá para alguns figurões do cinema, entre eles, Charles Chaplin, que teria comentado ao final da sessão:

Um filme excelente. Os dois comediantes merecem louros por suas realizações, mas sua comédia não tem a ver com a mentalidade americana.

O que será que isso significa? Por que será que não emplacaram nos EUA? Não encontrei muita coisa sobre eles na internet, mas nesse trecho que achei no Youtube dá pra ter uma ideia de como era o trabalho deles:

Eles eram muito populares na Europa e chegaram a ser mais apreciados que Chaplin na Alemanha, por exemplo. Ah! E eles são os músicos bêbados que aparecem rapidinho numa das cenas mais legais do filme “A última gargalhada” (F.W. Murnau, 1924). Aí vai o trecho para relembrar:

Pesquisando sobre eles, encontrei esse trecho de um livro autobiográfico de José Saramago:

Nem tudo foram sustos nas salas de cinema aonde o garoto de calções e o cabelo cortado à escovinha podia entrar. Havia também fitas cómicas, em geral curtas, com o Charlot, o Pamplinas, o Bucha e o Estica, mas os actores de quem eu mais gostava eram o Pat e o Patachon, que hoje parece terem caído em absoluto esquecimento. Ninguém escreve sobre eles e os filmes não aparecem na televisão. Vi-os sobretudo no Cinema Animatógrafo, na Rua do Arco do Bandeira, aonde ia de vez em quando, e recordo quanto me ri numa fita em que eles (estou a vê-los neste momento) faziam de moleiros. Muito mais tarde viria saber que eram dinamarqueses e que se chamavam, o alto e magro, Carl Schenstrom, o baixo e gordo, Harald Madsen. Com estas características físicas era certo e sabido que chegaria o dia em que teriam de interpretar Dom Quixote e Sancho Pança, respectivamente. Esse dia chegou em 1926, mas eu não vi a fita.

“As pequenas memórias”, 2006

Aqui dá pra assistir um trechinho do Dom Quixote que eles fizeram!

Como eu disse, a tradução do título do longa que será exibido na Giornate seria algo como Pat e Patachon como policiais

pat e patachon como policiais

Faz lembrar os Keystone Kops e outros policiais atrapalhados de que falamos aqui e aqui, não? Mais uma vez, o cinema silencioso mostra que não tem medo de desdenhar das autoridades, tirando sarro de policiais! Mas só em outubro poderei dizer mais sobre esse longa que parece ser bem divertido…!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s