diário da Giornate – a jornada

Diário da Giornate

Estou começando a olhar para o cinema silencioso sueco, já que a Giornate desse ano exibirá alguns filmes da Suécia do final dos anos 1920.

Lendo os catálogos das edições passadas da Jornada Brasileira de Cinema Silencioso, organizada pela Cinemateca Brasileira desde 2007 (que foi lamentavelmente cancelada esse ano devido às crises políticas da instituição), encontrei um trecho que me emocionou. Na segunda edição do evento, que é filhote da Giornate, começaram as sessões “Destaques de Pordenone“. Para apresentar a parceria, Livio Jacob e David Robinson (presidente e diretor da Giornate) escreveram um texto para o catálogo falando sobre a história do evento de Pordenone e sobre os filmes escolhidos para a projeção no Brasil. Aí vai um trecho:

A [exibição da] obra-prima de Victor Sjöström, “Berg-Ejvind och hans hustru” (Os proscritos), é uma homenagem à legendária retrospectiva sobre o cinema nórdico anterior a 1918, organizada em Pordenone em 1986. Legendária porque até as cinematecas ainda se lembram dela: os nossos colegas das cinematecas de Estocolmo, Helsinque, Copenhague e Oslo supunham que se tratava da habitual seleção de dez ou vinte títulos representativos. “Bem, quantos filmes vocês querem exibir nas Giornate?” Nossa resposta foi que queríamos exibir todos, sem distinção de autoria ou de qualidade real ou suposta. Isso nunca tinha acontecido antes. Esse gesto estratégico tornou-se uma espécie de manifesto das Giornate, o reflexo do desejo de mostrar a história do cinema por aquilo que ela é e não por aquilo que gostaríamos que fosse.

É por isso que a Giornate del Cinema Muto é tão essencial para a pesquisa do cinema silencioso. Porque eles querem ver a história do cinema com olhos livres, porque têm interesse em compreender de fato as contradições do período, sem se prender aos caminhos mais curtos e já conhecidos. Não é à toa que são jornadas, com todos os obstáculos que podem aparecer pelo caminho.

Ainda não posso dizer nada sobre esse assunto, o cinema silencioso sueco, pois conheço muito pouco, quase nada. Mas a minha viagem já começou…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s