cápsula do tempo

Sabemos que o cinema sonoro só alcançou viabilidade comercial no final da década de 20. Mas o que muita gente não sabe é que, desde o princípio dos experimentos com imagens em movimento, estudos já eram concentrados nessa direção.

O laboratório de Thomas Edison foi um centro de experiências importantíssimo para o primeiro cinema. O Black Maria, que é considerado o primeiro estúdio de cinema, tinha uma abertura no teto e foi construído sobre uma plataforma giratória. Assim, era possível girar todo o estúdio em busca da melhor posição para que a luz solar entrasse pela abertura.

Black Maria, o estúdio giratório de Edison

E foi nesse estúdio que o mais antigo filme com som sincronizado foi produzido (por W. K. L. Dickson e William Heise em 1894/95). O áudio foi encontrado nos anos 50 e vem sendo restaurado e sincronizado por Walter Murch e Rick Schmidlin. Essa preciosidade faz parte da compilação feita pela Kino Video na box de DVDs “Edison: The invention of the movies“.

Eu acho muito emocionante ter acesso a esse tipo de coisa. No documentário da box da Kino Video, o chefe do departamento de imagens em movimento da Library of Congress (depois vou falar mais sobre isso também!), Patrick Loughney, fala que ele sente como se o filme  fosse uma cápsula do tempo, que nos leva a 1894…

A parte massa dessa história é que a gente pode assistir E OUVIR aqui!

Anúncios

Uma resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s